sábado, 24 de março de 2012

Divina Inspiração



De onde vem tanta inspiração?
Senão das entranhas
Vem de chofre; com tamanha
Emoção. Fluindo-se ao montão.

Esquivar-se, por quê?
Assim, é tudo na vida
Transborda-se;  é a força que
Extrapola na nossa dura lida.

Sempre a brotar sementes
Grão novo e extraordinário
Nas nossas mentes
Alimentando-nos a todos, nós, terráqueos.

Sonhadores deste planeta
Tão destruído; famigerado pela dor
Guerra, e desilusão completa
Embora gerado para o amor.  


3 comentários:

  1. Sonhadores. Loucos. Desesperados por uma revolução global! Parabéns Lourdes. Sra. Limeira sua poesia inspira meu coração, dita os movimentos futuros e cria em mim a inquietação necessária para o movimento que cambia na mudança da mente. Continue assim! Beijo, Te amo!

    ResponderExcluir
  2. InspirAção! abraço, Lourdes!

    ResponderExcluir
  3. Meus PARABÉNS!
    Belos versos neste espaço literário!
    Com admiração, Efigenia Coutinho

    ResponderExcluir